Break Blade

861004272_orig Ao ler a sinopse de Break Blade você pode se lembrar de um outro anime chamado Toaru Majutsu no Index, ao ver os combates entre Atenas e Krisna você pode se lembra de Code Geass ou ainda Mobile Suit Gundam, mas não se engane. Break Blade é uma animação fantástica com ótimas cenas de ação e uma historia cercada de surpresas.

Bom a história é centrada em torno de Rygart Arrow, um “não-mágico” ou “anti-feiticeiro” nascido em um mundo onde as pessoas tem o poder de controlar um valioso recurso chamado Quartzo (Aqui lembramos da Sakuradite do Code Geass), esse mesmo recurso pode fazer qualquer coisa, desde uma simples levitação até o controle total de armas e robôs denominados “Golem”. Rygart, junto com seu irmão, são os únicos humanos sem este dom (Claro que não é bem assim, tal como em  Toaru Majutsu no Index, o protagonista vai se revelar alguém no qual você deve ter medo de trombar na rua). Sua vida muda quando ele é convocado por seus amigos da escola o Rei e a Rainha do Reino de Krisna (só isso né).

Após contato com seus velhos amigos Rigart fica sabendo que o Reino de Krisna está sob ataque da Nação de Arthemis (o continente se chama Cruzon), que tem como secretário de guerra seu outro amigo Zess (mundo pequeno né), e que ele pode ser a chave para ativar um antigo Golem que foi encontrado em um poço de mineração. A partir deste momento grandes desafios estão a espera de Rygart. Eu pessoalmente gostei dos traços do anime, os uniformes são ótimos também e as cores bem vivas (Comparável H.O.T.D.), as cenas de ação ficam melhores e o mistério entorno da origem do Golem e do nosso protagonista devem surpreender todos.

break-blade-04-26
Uma observação importante é que o anime que saiu em 2014 é baseado nos filmes anteriores, nossa recomendação é que você veja os filmes pois na serie animada (que não é ruim) ouve cortes em algumas cenas.

.